Crème Bruleé tradicional passo a passo

Vocês pediram e hoje eu vou ensinar a fazer Crème Bruleé no canal! Depois que eu fiz um vlog mostrando a aula que tive com a Carole Crema eu perguntei a vocês qual receita aprendida vocês queriam ver por aqui e uma das mais pedidas foi o Crème Bruleé, este clássico francês delicioso e super simples de preparar.

Eu fiz usando fava de baunilha, mas se você não tiver, pode usar extrato ou essência, a minha única dica é não exagerar na quantidade e ter em mente que esta sobremesa é sútil e leve. E se quiser uma variação, eu tenho uma opção com banana aqui!

Antes de ir pra receita, não esquece de se inscrever no canal clicando aqui!

Crème Bruleé tradicional

INGREDIENTES
• 5 gemas de ovo
• 1/3 de xícara (chá) de açúcar
• 350 ml de creme de leite fresco
• 100 ml de leite
• 1 colher (chá) de essência de baunilha (ou 1 fava de baunilha)
• Açúcar cristal para caramelizar

MODO DE PREPARO
Em um recipiente bata as gemas com o açúcar até obter uma mistura mais clara e leve. Reserve.
Em uma panela aqueça o creme de leite e o leite com as sementes e fava de baunilha.
Assim que levantar fervura, desligue o fogo e adicione este liquido às gemas batendo sem parar.
É essencial adicionar o liquido bem aos poucos e bater o tempo todo para que as gemas não cozinhem e o seu creme vire uma omelete.
Distribua a mistura em ramequins e coloque sobre uma forma maior.
Encha a forma maior com água quente e leve ao forno para assar em banho maria por cerca de 30 minutos a 180ºC
Quando o creme estiver mais firme, está pronto. Para testar, pegue o ramequin com a mão e balance. O creme precisa se mexer levemente, mas não pode desmanchar.
Depois disso, retire da forma, deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 2 horas.
Por fim, na hora de servir, polvilhe açúcar sobre toda a superfície do creme.
E caramelize com um maçarico ou colher quente.
Depois disso, está pronto!

Se fizer com a colher, use uma que você não goste muito, pois provavelmente ela irá estragar.

Crème Bruleé tradicional

Crème Bruleé tradicional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *