Diário de viagem: de Roma a Florença, Itália – 5º dia

Hoje foi dia de acordar cedo e pegar o trem rumo a Florença. E foi uma aventura.

Fizemos o check-out no hotel e fomos andando até a estação de trem Termini, cerca de 5 minutos, nosso trem saía às 10h50, e chegamos na estação 1 hora antes. Como ainda era muito cedo, nosso trem nem estava nos telões indicando a plataforma, então resolvemos tomar um café rápido.

Café tomado, fomos verificar os telões e lá estava nosso trem, mas ainda sem indicação da plataforma de embarque e com previsão de 15 minutos de atraso.

Aguardamos pacientemente e quando deu 10h40 o tempo de atraso tinha sumido e ainda nada da plataforma, ou seja, nosso trem sairia em 10 minutos e não tínhamos ideia de onde deveríamos pegá-lo. Cinco minutos antes do horário de saída, a plataforma apareceu e saímos correndo em direção ao vagão 4, onde seriam nossas poltronas. E lá fomos nós, vagão 8, 7, 6, 5 e… 3! Isso mesmo, cadê nosso fucking vagão 4??

Ficamos sem saber o que fazer quando aparece um funcionário da Trenitalia e já desesperado mostro os tickets para ele perguntando se meu vagão era o que estava à nossa frente (com número 3), ele confirmou quase sem olhar o papel e finalmente entramos.

Alguns segundos depois a porta do trem se fecha e o trem sai da estação. Ou seja, por alguns segundos quase perdemos o trem! Contando agora, a cena toda parece meio dramática, mas só eu sei o desespero que senti já hora.

Roma a Florença

Passados esses momentos de tensão, tivemos uma viagem tranquila e sem mais imprevistos, vimos campos nevados no caminho o que até ajudou a me acalmar. Chegando na estação Santa Maria Novella daria para ir a pé para nosso flat, mas por contas das malas, nos demos o luxo de pegar um táxi.

Chegando no flat, já amamos de cara! Além de super novinho e arrumado, estávamos bem localizados, ao lado da Piazza Signoria e do Duomo de Florença, ficamos no Appartamento Piazza Signoria.

Você pode ver mais informações sobre o flat clicando aqui, ou buscar outro em Florença usando a caixa de pesquisa do Booking aqui em baixo (fizemos todas as reservas de hotéis desta viagem por lá):



Booking.com

Como sempre fazemos, deixamos as malas no flat e saímos meio sem rumo apenas para nos localizarmos, com direito a pausa para o almoço na própria Piazza Signoria no restaurante Il Cavallino. Eu fui de espaguete com polpetones e o And de risoto de 4 queijos. De acompanhamento pedimos batatas ao forno.
Ambos estavam muito bons, mas o risoto de quatro queijos do And eu comeria em quantidades absurdas! Sempre fico com inveja dos pratos que ele pede.

Almoço - Florença

Depois de comer fomos até a Ponte Vecchio, passando pela Piazza della Republica e pela Hard Rock. Não achei a ponte exatamente bonita, mas ela tem seu charme e é toda ladeada por joalherias nada baratas.

Depois caminhamos até o Palazzo Piti e voltamos atravessando o rio Reno pela ponte de frente à Ponte Vecchio, agora sim com foto da parte externa dela.

Florença

Já pertinho de “casa”, paramos em uma gelateria, mas desta vez, preferi comer um waffle com mascarpone e Nutella. O And tomou gellato de banana split e mais uma vez eu fiquei com inveja da escolha dele. Não que meu waffle estivesse ruim, mas é que o gelatto dele estava surreal.

Waffle - Florença

Depois disso começou a esfriar muito e achamos melhor voltar logo e nos agasalharmos mais e esperar uns amigos que iriam passar o fim de semana conosco.

Só por este breve passeio, já amamos Florença, além de ter aquele clima charmoso da Itália, a cidade nos pareceu fácil de andar, tudo plano e relativamente perto. Em cada rua que a gente vira, dá de cara com palácios e construções dos séculos X, XII… Você percebe o quanto a cidade é antiga.

Florença

Por volta de 20h nossos amigos chegaram e fomos jantar no restaurante La Borsa, onde pedi um risoto de camarão com champagne perfeito com direito a um bolo de tiramissu de sobremesa. Tudo regado à um bom vinho rosés.

Risoto de camarão - Florença

Florença - TiramissuDepois disso fomos a um pub irlandês na Piazza de La Signoria e depois ao club Oilò, em frente à Basílica de Santa Croce. Ficamos por lá até por volta de 3h da manhã tomando nossos bons drink, papeando e curtindo a noite.

Life is good guys!

Neste link tem mais sobre a viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *